Santa Bárbara

Santa Bárbara

O surgimento da comunidade de Santa Bárbara em Rio Carvão Alto aconteceu em dezembro de 1994, com as novenas de Natal. Nas conversas que ocorriam nessas oportunidades, surgiu a ideia de construir uma capela, já que a localidade pertencia à Rio Carvão e a distância entre as duas localidades era grande. 

Sendo assim, sua primeira missa foi celebrada na antiga escola da comunidade, no dia 16 de julho de 1995. Em novembro de 1996, a imagem de Santa Bárbara foi transladada da gruta onde se encontrava até a escola. A partir desse momento, a comunidade começou a rezar o terço e a se encontrar ao redor da imagem da Santa naquela instituição de ensino desativada.
Em outubro do ano 2000 foi nomeado um Ministro Extraordinário da Eucaristia para a comunidade. No dia 21 de maio de 2002 a comunidade decidiu iniciar a construção de uma igreja dedicada à Santa Bárbara. Cinco meses depois a capela já estava pronta. A primeira missa foi celebrada no dia 30 de novembro do mesmo ano. No dia 16 de maio de 2004 a capela foi inaugurada e abençoada por Dom Paulo Antônio de Conto, bispo da Diocese de Criciúma. Em abril do ano seguinte foi iniciada a construção da torre. Logo após o seu término, foi realizada a aquisição do sino que, em 2006, foi instalado e abençoado.

Numa belíssima demonstração de simplicidade e bom gosto, o templo mistura-se ao espaço físico, e surge entre a vegetação como um pequeno oásis. Seu interior, devidamente preparado e liturgicamente organizado, leva os fiéis à oração e ao encontro com Deus.
A comunidade de Rio Carvão Alto é formada por 11 famílias católicas. Possui um Ministro Extraordinário da Eucaristia, 21 associados do Apostolado da Oração, uma capelinha da Mãe Peregrina, além da Pastoral do Dízimo. A administração da comunidade está a cargo da Comissão para Assuntos Econômicos e Pastorais.

SANTA BÁRBARA

Bárbara era uma jovem nascida na cidade de Nicomédia, na Turquia, nos fins do século III, filha única de um rico e nobre habitante desta cidade. Por ser filha única e com receio de deixar a filha no meio da sociedade corrupta daquele tempo, Dióscoro decidiu fechá-la numa torre. Por ser muito bela e, acima de tudo, rica, não lhe faltavam pretendentes para o casamento, mas Bárbara não aceitava nenhum.Desconcertado diante da cidade, Dióscoro estava convencido de que as "desfeitas" da filha justificavam-se pelo fato dela ter ficado trancada muitos anos na torre. Então, permitiu que ela fosse conhecer a cidade. Durante essa visita ela teve contato com cristãos, que lhe contaram sobre os ideais de Jesus e sobre o mistério da Santíssima Trindade. Pouco tempo depois, Bárbara pediu o batismo.

Seu pai, ao saber da conversão da filha, ficou furioso e denunciou-a ao prefeito que condenou-a à morte. Bárbara foi conduzida para fora da cidade onde seu próprio pai a executou, degolando-a. Quando a cabeça de Bárbara rolou pelo chão, um imenso trovão ribombou pelos ares fazendo tremer os céus. Um relâmpago flamejou pelos ares e atravessando o céu fez cair por terra o corpo sem vida de Dióscoro. Santa Bárbara passou a ser conhecida como "protetora contra os relâmpagos e tempestades" e é considerada a padroeira dos artilheiros, dos mineiros e de todos quantos trabalham com fogo.

SANTA BÁRBARA

 

Informações:

Local

Rio Carvão Alto

Telefone

(48) 3465.3560

Compartilhar

Vídeos Postados

Conecte-se conosco