Santo Antônio

Santo Antônio

A fundação da Vila Rio Caeté aconteceu em 1881. Alguns anos depois da formação da localidade, os imigrantes construíram a primeira igreja feita de madeira e com a torre separada da nave principal. O padroeiro escolhido foi Santo Antônio, invocado com grande devoção desde a partida na Itália. A primeira imagem foi esculpida em madeira de cedro por Giovanni Tomasi, e ornada pela esposa, que lhe fez o cordão. Padre Luigi Marzano, italiano nato, padre dessas terras, era quem realizava as celebrações religiosas na igreja.

Em 1º de junho de 1920 foi concedida uma licença para adaptar à torre da então capela, um sino. Doze dias depois, chega de São Paulo o tão esperado sino. O som diferenciado até hoje se propaga pelos ares e anuncia datas festivas, afasta tempestades violentas, anuncia os falecimentos e, diariamente, às 12 e 18 horas, ele soa fazendo o papel de um relógio e convidando o povo a rezar o “Angelus”.
Os anos passaram e, em 1935, a comunidade inicia a construção da nova igreja em estilo bizantino, projetada por um arquiteto russo que na época estava por aqui de passagem. Seu estilo é único no município. As pedras para o alicerce foram trazidas de Rio Salto e os tijolos, a areia e as telhas, transportados de trem da localidade de Esplanada. A inauguração da atual igreja se deu no ano de 1936. Na ocasião foi realizado um leilão onde a maior oferta dava o direito a badalar o sino pela primeira vez. Em 1º de maio de 1976, foi a vez do novo Salão de Festas da Igreja de Santo Antônio ser inaugurado.

A igreja, de início, contou com quatorze bancos, um confessionário, andor, cálice, crucifixo e as imagens de Nossa Senhora de Lourdes e de Santo Antão, que vieram de Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul. A atual imagem de Santo Antônio de Pádua veio de Portugal até o porto de Laguna, e o altar em que ele se encontra foi produzido em Braço do Norte e trazido, em partes, por carros de boi e montado no próprio templo. Merece destaque o esplêndido vitral que emoldura a porta de entrada do templo, apresentando, ao mesmo tempo, as figuras de Santo Antônio de Pádua e Santo Antão. Em estilo clássico, a peça produzida na Alemanha passou por restauração no ano de 2010, e reserva-se o direito de ser o mais belo e único vitral entre as comunidade dessa paróquia.

Hoje, a comunidade de Rio Caeté possui 37 famílias católicas e quatro de outros credos. A catequese é ministrada na localidade, possui duas Ministras Extraordinárias da Eucaristia e quatro coroinhas. O Apostolado da Oração é formado por 42 associados e o Apostolado Jovem com 15 associados. Além disso, possui um Grupo de Jovens, quatro Equipes de Liturgia, Pastoral do Dízimo, dois Grupos de Família e duas capelinhas da Mãe Peregrina que visitam as casas. A administração da comunidade é animada pelo Conselho de Pastoral da Comunidade.

Interior da igreja SANTO ANTÔNIO

Interior da igreja

Vitral produzido na Alemanha e restaurado em 2010 pela Cristaleria Zanon, de Guaporé/RS. Esta é a única comunidade que possui vitral artístico, além da matriz.

Vitral produzido na Alemanha e restaurado em 2010 pela Cristaleria Zanon, de
Guaporé/RS. Esta é a única comunidade que possui vitral artístico, além da matriz.

Informações:

Local

Rio Caeté

Telefone

(48) 3465.4621

Compartilhar

Vídeos Postados

Conecte-se conosco