São Jerônimo

São Jerônimo

A comunidade teve início por volta de 1920, com o advento das minas de carvão na região. A localidade já era habitada por imigrantes italianos. Em 1937, os moradores receberam a imagem de São Jerônimo que passou a ser o padroeiro da comunidade por sugestão de Turíbio Goulart, morador da localidade. A primeira igreja era de madeira e foi inaugurada em 1940. Com o passar dos anos, sentiu-se a necessidade de construir a atual edificação, entregue à comunidade em 1964.
Esse templo tem como característica marcante as linhas românicas, comum nas edificações católicas em comunidades colonizadas por italianos. O edifício abriga bom número de fiéis, mesclando elementos tradicionais como a quantidade de imagens de santos e o piso ladrilhado com traços modernos, evidenciados pelo altar e mesa da palavra, num estilo mais arrojado.
Hoje a comunidade possui 302 famílias, dessas 280 são católicas. A comunidade é animada pelo Conselho de Pastoral. Cinco catequistas preparam crianças e adolescentes para receberem os sacramentos. Conta ainda com o Apostolado da Oração, que tem 150 membros; 15 grupos de família; nove capelinhas da Mãe Peregrina; Ministros Extraordinários da Eucaristia; Coroinhas; Pastoral do Dízimo; Legião de Maria; Equipes de Liturgia; Pastoral da Criança; Grupo de Idosos e Pastoral da Saúde.

SÃO JERÔNIMO

Jerônimo nasceu em uma família muito rica na Dalmácia, hoje Croácia, no ano 347. Com a morte dos pais, herdou uma boa fortuna, que aplicou na realização de sua vocação para os estudos, pois tinha uma inteligência privilegiada. Viajou para Roma, onde procurou os melhores mestres de retórica e desfrutou a juventude com uma certa liberdade.
Ele foi batizado pelo papa Libério, já com 25 anos de idade. Passando pela França, conheceu um mosteiro e decidiu retirar-se para vivenciar a experiência espiritual. Uma de suas características era o gosto pelas entregas radicais. Ficou muitos anos no deserto da Síria, praticando rigorosos jejuns e penitências, que quase o levaram à morte. Em 375, depois de uma doença, Jerônimo passou ao estudo da Bíblia com renovada paixão. Foi ordenado sacerdote pelo bispo Paulino, na Antioquia, em 379. Mas Jerônimo não tinha vocação pastoral e decidiu que seria um monge dedicado à reflexão, ao estudo e à divulgação do cristianismo. Voltou para Roma em 382, chamado pelo papa Dâmaso, para ser seu secretário particular. Jerônimo foi incumbido de traduzir a Bíblia, do grego e do hebraico, para o latim. Nesse trabalho, dedicou quase toda sua vida. O conjunto final de sua tradução da Bíblia em latim chamou-se "Vulgata" e tornou-se oficial no Concílio de Trento. Jerônimo era fantástico, consciente de suas próprias culpas e de seus limites, tinha total clareza de seus merecimentos. Morreu de velhice, no ano 420, em Belém. Foi declarado padroeiro dos estudos bíblicos e é celebrado no dia 30 de setembro.

Primeira igreja da comunidade construída em madeira no ano de 1940

Primeira igreja da comunidade construída em madeira no ano de 1940

Interior da igreja

Interior da igreja

Informações:

Local

Rio América

Telefone

(48) 3465.2920

Compartilhar

Vídeos Postados

Conecte-se conosco