São João Maria Vianney

São João Maria Vianney

Localizada a aproximadamente cinco quilômetros da estrada geral de Rio Carvão, existia uma área de mineração de carvão denominada Mina Veloso. O povoamento envolto desta mina era muito católico e possuía uma capela de madeira onde os moradores faziam suas orações tendo como padroeiro São João Maria Vianney. Com o fechamento da mineração, os moradores deixaram o local, ficando a capela praticamente abandonada.
Foi então que, em 1976, alguns moradores de Rio Carvão Baixo tomaram a iniciativa de trazer as imagens de São João Maria Vianney, São Sebastião e Santa Rita de Cássia para a comunidade de Rio Carvão Baixo e construir ali uma capela.

A doação do terreno foi feita por Mario Baldin e Eugidio Nichele. Com a contribuição de empresas e o esforço da própria comunidade, em mutirão foi erguida a primeira edificação para abrigar o padroeiro São João Maria Vianney e demais santos. Ali realizavam seus cultos dominicais, celebrações eucarísticas e a acolhida aos fiéis.

Enquanto a capela era construída, as imagens ficaram hospedadas na casa das famílias da comunidade. A primeira missa foi rezada pelo Pe. Agenor Neves Marques. Um leilão foi organizado para a primeira batida do sino. Naquela ocasião, Sidemar Nichele obteve maior êxito, oferecendo um novilho gordo em troca da primeira badalada do sino. Curioso foi o seguinte: o primeiro anúncio de falecimento executado pelo sino foi o do próprio Sidemar, falecido dias depois.

A comunidade hoje conta com 70 famílias católicas, quatro Grupos de Família, duas capelinhas da Mãe Peregrina, 29 membros do Apostolado da Oração, três Ministros Extraordinários da Eucaristia e Pastoral Catequética. A administração da comunidade está a cargo da Comissão de Assuntos Econômicos e Pastorais.

Interior da igreja

Interior da igreja

SÃO JOÃO MARIA VIANNEY

SÃO JOÃO MARIA VIANNEY

Informações:

Local

Rio Carvão Baixo

Telefone

(48) 3465.0727

Compartilhar

Vídeos Postados

Conecte-se conosco