São José

São José

A igreja de São José é a mais nova da paróquia de Urussanga. Ela foi inaugurada em 18 de março de 2012.
No ano de 2001 a paróquia de Urussanga adquiriu, com recursos próprios, um terreno no recém-criado Loteamento Floresta para que fosse edificado ali um novo templo católico. Além desse terreno, recebeu em doação mais dois lotes, ampliando a área reservada à nova comunidade.

Em 2006, no ano das Santas Missões Populares, foi celebrada uma missa no bairro e na ocasião, escolhido São José como padroeiro. Acolhida a sugestão, passou-se a celebrar todos os anos, no mês de março, uma missa em honra a São José.

No início do ano de 2011, desejosos de construir seu próprio espaço litúrgico, os moradores se organizaram e, assim, deram início à construção do capitel em honra ao padroeiro.
Atualmente esta comunidade ainda está ligada à comunidade Nossa Senhora Aparecida, do Bairro Estação, utilizando-se das suas estruturas pastorais e administrativas, mas está caminhando para se tornar uma comunidade autônoma.

SÃO JOSÉ

São raros os dados sobre as origens, a infância e a juventude de José, o humilde carpinteiro de Nazaré, pai terrestre e adotivo de Jesus Cristo, e esposo da Virgem Maria. Sabemos apenas que era descendente da casa de Davi. Mas, a parte de sua vida da qual temos todo o conhecimento basta para que sua canonização seja justificada. José é, praticamente, o último elo de ligação entre o Velho e o Novo Testamento, o derradeiro patriarca que recebeu a comunicação do Deus vivo, através do caminho simples dos sonhos. Sobretudo escutou a palavra do Deus vivo.

Escutando no silêncio. Nas Sagradas Escrituras não há uma palavra sequer pronunciada por José. Mas, sua missão na história da salvação é das mais importantes: dar um nome a Jesus e fazê-lo descendente de Davi, necessário para que as profecias se cumprissem. Por isso, José recebeu o título de "homem justo". A palavra "justo" recorda a sua retidão moral, a sua sincera adesão ao exercício da lei e a sua atitude de abertura total à vontade do Pai celestial. Também nos momentos difíceis e, às vezes, dramáticos, o humilde carpinteiro de Nazaré nunca arrogou para si mesmo o direito de pôr em discussão o projeto de Deus.

Esperou o chamado do Senhor e em silêncio respeitou o mistério, deixando-se orientar pelo Altíssimo. Somente uma fé profunda poderia fazer com que alguém se mostrasse tão disponível à vontade de Deus. José amou, acreditou, confiou em Deus e no Messias, com toda sua esperança. Apesar da grande importância de José na vida de Jesus Cristo, não há referências da data de sua morte. Os teólogos acreditam que José tenha morrido três anos antes da crucificação de Jesus, ou seja quando Ele tinha trinta anos. O culto a São José começou no Egito, passando mais tarde para o Ocidente, onde hoje alcança grande popularidade. Em 1870, o Papa Pio IX proclamou São José, padroeiro universal da Igreja e, a partir de então, passou a ser venerado no dia 19 de março. Porém, em 1955, o Papa Pio XII fixou também, o dia primeiro de maio para celebrar São José, o trabalhador.

Informações:

Local

Bairro Bela Vista

Compartilhar

Vídeos Postados

Conecte-se conosco